Da Folha de PE

A derrota do Fortaleza para o River Plate, na Argentina, teve um momento lamentável. Durante a partida, um torcedor da equipe mandante jogou uma banana em direção ao espaço destinado para a torcida do Fortaleza. Enquanto ele fazia o ato, as pessoas ao redor estavam rindo da situação.

O River Plate publicou uma nota, através das suas redes sociais, repudiando o ato e afirmou que está tentando identificar o suspeito para propor uma punição.

“O River Plate manifesta seu mais absoluto repúdio ante os gestos racistas e xenófobos de um torcedor em direção à torcida visitante e comunica que já está implementando as medidas correspondentes para identificar o culpado e aplicar-lhe as devidas sanções”, diz a nota.

O Fortaleza também se manifestou em suas redes sociais cobrando atitudes rápidas da Conmebol.

“O Fortaleza Esporte Clube repudia, de forma veemente, o ato de racismo e xenofobia ocorrido no Estádio Monumental de Núñez por um torcedor da equipe local. O Clube foi bem recebido, a torcida desfrutou Buenos Aires por inteira e o crime, em específico, machuca o esporte. O racista e xenófobo deve ser identificado, localizado e punido pelas autoridades competentes,” e completou (…) “racismo e xenofobia são crimes, e nossa instituição reforça o pedido de um posicionamento oficial da CONMEBOL Libertadores para a rápida identificação do autor para que todas as medidas cabíveis sejam tomadas.

 

Veja também:   Nasce primeiro filho da cantora Rihanna com ASAP Rocky