Vereador é acusado de agredir namorada grávida

Foto: Arquivo/ Farol de Notícias

Por Blog do Francisco Brito

Uma mulher precisou procurar a delegacia na semana passada na última segunda-feira (24/07), para pedir uma medida protetiva devido à perturbação de sossego associada à violência doméstica no centro de Salgueiro, no Sertão de Pernambuco.

De acordo com o relato da vítima, uma mulher de 34 anos, alegou que estava com seu companheiro, um vereador de 42 anos, aliado do prefeito. Em uma festa, e na volta para casa, após uma discussão, o autor a teria agredido física e verbalmente, o mesmo nega qualquer tipo de agressão contra a vítima. Ainda de acordo com as informações, o acusado estaria fazendo tortura psicológica contra vítima no dia do ocorrido.

Veja também:   Polícia avalia ameaça de morte, pelo Whatsapp, a vereador de ST

Já no dia de hoje, segunda- feira (31/07), já se passou quase 9 dias do ocorrido, a vítima voltou a procurar a delegacia para representar criminalmente, onde em seguida foi até o hospital para fazer exames de corpo delito traumatológico no hospital local, e o laudo médico apontou hematomas na vítima, que também está grávida do agressor.

As investigações foram iniciadas e seguem até o esclarecimento do caso, o nome da vítima não foi divulgado por questões de segurança, e em que medida protetiva está valendo desde a última terça-feira (25).

Veja também:   Duque provoca deputados votados em ST para tentar tocar projeto de R$ 3 milhões