Publicado às 05h33 desta terça-feira (24)

Nessa segunda-feira (23), em conversa com o Farol, o professor Thieres George Freire da Silva, da Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE/UAST) falou com muita gratidão sobre o crescimento de busca pelas palmas forrageiras após matéria do Farol (relembre aqui). Quando o projeto começou, tinha em torno de 15 famílias, agora já são 4 associações em contato com ele, tendo em torno de 200 famílias envolvidas.

Segundo o professor, agricultores até do Ceará já entraram em contato com o grupo, um marco para o caminhar do projeto.

Antes das doações, eles chegaram a perder mais de 300 mil raquetes, com o projeto de doação das palmas forrageiras, o professor já prevê uma produção intensa para o próximo ano. “O melhor de tudo é ver a felicidade das pessoas, a gente vê que as pessoas estão passando por dificuldades e querem as palmas para poder tocar seus negócios”, relata o Prof. Thieres.