Publicado às 04h48 deste sábado (11)

Foto enviada pelo leitor flagra o momento da fumaça chegando no bairro

Moradores da Rua Padre Ferraz, no Centro de Serra Talhada, entraram em contato com o Farol na noite dessa quinta-feira (9) denunciando o avanço de uma fumaça que já virou rotina sobre as casas da localidade.

O leitor, que pediu anonimato, enviou fotos do momento em que uma ‘nuvem’ de fumaça pode ser notada na direção da Lagoa Maria Timóteo e que chega até as moradias levadas pelo vento. Não é possível saber se é queimada de lixo ou de outro material.

O problema é que devido a Covid-19, o Ministério Público e a Prefeitura chegaram a proibir as fogueiras no São João, devido justamente a fumaça, mas outros tipos de queimadas continuam sem qualquer fiscalização.

“Toda a noite o pessoal toca fogo ali perto do pátio da feira, toda a noite, a Serra fica branca, e sobe um fedor de lixo. Já tem um tempo que os moradores reclamam disso, já foram nas rádios. A fumaça se espalha e sobe no sentido do Hospam e entra nas nossas casas”, alertou o morador.

O QUE DIZ A PREFEITURA

O descarte irregular de lixo e entulhos e a queima de resíduos em vias públicas ou terrenos baldios pode resultar em multas conforme a lei federal Nº 9.605/1998 (Lei de Crimes Ambientais) e do Código Municipal de Defesa do Meio Ambiente de Serra Talhada.

A Prefeitura garantiu, em comunicado ao Farol, que está fiscalizando este tipo de infração na cidade, nas alertou que a própria população pode contribuir através de denúncias anônimas pelo Fala Cidadão, através do fone (87) 9.9626-2505 ou pelo E-mail: falacidadao@serratalhada.pe.gov.br.

LEIA TAMBÉM

Por que os políticos de Serra Talhada ignoram o meio ambiente?

Secretário: “Queimadas em ST serão punidas”

Queimadas aumentam temperatura no Centro de ST